Há exatamente 10 anos, a escola E.M.E.I.E.F. Rural Martin Lutero, localizada no Bairro dos Pires, área rural de Limeira, passou a ser um dos locais de votação da 066ª Zona Eleitoral de Limeira, isso aconteceu em 31/03/2008. A conquista se deu pela mobilização da ONG Viva Pires organizar um abaixo-assinado com os moradores do bairro o qual foi encaminhado ao juiz eleitoral, deferindo o pedido solicitado.
De acordo com Marcel Menconi, presidente da ONG Viva Pires, “esse pedido foi de grande importância para o Bairro, pois, os moradores podem exercer o seu papel pleno de cidadão, tendo a possibilidade de votar próximo a sua residência, e até se mobilizarem para conseguir melhorias para o Bairro, já que a seção eleitoral mobiliza um número aproximado de 700 eleitores. Esse é um número expressivo, até para eleger um vereador representante, por exemplo”, destacou Marcel.

Movimento nas urnas
No segundo turno das eleições 2018, o Jornal Pires Rural compareceu à escola E.M.E.I.F. Rural Martin Lutero a qual abrange a Seção 370 e Seção 424. Na oportunidade, entrevistou Marcelo Woigt, que trabalha como Assistente Técnico Eleitoral 1, nos informando sobre o andamento dessas eleições, no bairro dos Pires. “Trabalho durante as eleições, nesse local, desde 2016. O movimento é bem tranquilo. Só forma uma filinha as 8 hs porque chega todo mundo junto, aí tem que esperar abrir o portão. Depois do culto (da igreja Luterana), o pessoal vem pra cá, também dá uma fila mas, pouca coisa. O maior movimento é pela manhã. No primeiro turno, deu um movimento à tarde depois da chuva, porque durante a chuva não veio ninguém. Neste segundo turno são apenas dois cargos então, o movimento é mais tranquilo ainda. No primeiro turno, devido ao número de candidatos, algumas pessoas tiveram certa dificuldade ao votar, nós auxiliamos de fora da urna e também pelo som (da urna) sabemos se a pessoa acabou a votação, sendo a forma como Cartório Eleitoral nos orienta nessa questão. Antes de ocorrer a eleição, o Cartório Eleitoral faz uma reunião com os mesários, com os presidentes e com os assistentes eleitorais. Vamos até o Fórum, recebemos um manual com a orientação sobre o processo eleitoral em curso. Ao todo são 20 pessoas que trabalham nesta escola durante as eleições. Para as justificativas são 6 pessoas envolvidas, ainda temos aqui a Seção eleitoral número 370 – votam 356 eleitores – e a Seção eleitoral número 424 – votam 340 eleitores. O número total de eleitores nessa escola são 696”.
Na opinião de Marcelo, a seção eleitoral facilita para os eleitores, “acho necessário usar essa escola nas eleições. Isso facilita para os moradores dos Pires pois, alguns dependem de transporte público para se deslocaram até a área urbana”, ele observou.

696 eleitores

Solange Donizette Gabriel de Lima

Ouvimos o depoimento de alguns eleitores presentes à escola E.M.E.I.F. Rural Martin Lutero. Solange Donizette Gabriel de Lima, está morando no bairros dos Pires há 3 meses, ela é de Cosmópolis e está grávida, veio justificar seu voto, “é muito importante porque o voto é um dever nosso, precisamos ter mais consciência. Me facilitou essa escola próxima de casa”.

O eleitor

Cícero Palmeira de Barros
, mora no bairro dos Pires há 15 anos, em sua opinião, o local de votação no bairro “é ótimo. Para os moradores da área rural é excelente. Antes eu votava em Americana, aí passei meu título para Limeira, junto com minha esposa. São praticamente 15 pessoas da minha família que votam nessa escola. Fazem 9 anos que voto aqui, quando abriu a votação aqui eu já comecei a usar”, afirmou.

Clotilde Aparecida Alcaide e Ricardo Alcaide

O casal Clotilde Aparecida Alcaide e Ricardo Alcaide, são de São Paulo e desde 1997 moram no bairro dos Pires. Logo que se mudaram para Limeira, transferiram o título de eleitor para a cidade e depois pediram a alteração da seção eleitoral para o bairro dos Pires. Clotilde relata que a comodidade de votar no bairro rural “é muito boa. Pertinho de casa. Na zona rural é bem mais tranquilo. Em São Paulo é lotado”. Ricardo fala, “não tem fila, não tem nada. É bacana pra caramba”.

Tábata Talita Jürgensen

Tábata Talita Jürgensen, votava na Vila Labak antes de existir a seção eleitoral no Pires, em sua opinião, “votar aqui é bem melhor. Bem menos fila, tem menos gente e bem mais perto de casa também. Acho importante que podemos expressar a opinião do bairro como eleitorado, e entrar nas estatísticas, que até então, o bairro dos Pires, nunca entrou”, frisou a eleitora.

Célia Regina Schenoor

Para Célia Regina Schenoor, “é maravilhoso ter uma seção eleitoral nos Pires. É uma benção de Deus. É tudo prático, nós nos sentimos em casa. Eu gosto muito. Acho um privilegio a todos moradores”, ela falou.

O segundo turno das eleições no Estado de São Paulo tem os candidatos João Doria (PSDB) e Márcio França (PSB), disputando o cargo para governador. Eles votaram pela manhã deste domingo (28) em colégios na capital paulista.
Para a disputa da Presidência do Brasil, estão os candidatos Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT), que também votaram durante a manhã.

Os resultados da apuração da disputa presidencial começam a ser divulgados às 19h, no horário de Brasília.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *